Recessão gengival

  • Recessão gengival

    Como será o tratamento?

    Entenda de que forma poderá resolver este problema em segurança.

    Saúde Oral

Notícias

A recessão gengival é um problema que afeta o dia-a-dia de milhares de portugueses. Se esta situação lhe for familiar, certamente que, além das causas e das possíveis consequências, quererá sobretudo saber de que forma se poderá tratar o mais rapidamente possível. Saiba de que forma pode resolver a recessão ou retração gengival.

 

A recessão gengival tem tratamento?

Sim. No entanto, idealmente, este problema deve ser evitado. Com visitas regulares ao dentista e uma higiene oral adequada, à partida, não terá de se preocupar com este problema. Mas, se vir que as suas gengivas estão a diminuir, expondo uma parte amarelada de um ou mais dentes (as raízes), também não precisará de ter receio. É possível resolver o problema quando já existe retração gengival. Dependendo da análise de cada caso, a solução poderá passar pelo simples controlo da situação ou por uma intervenção clínica.

"A solução poderá passar pelo simples controlo da situação ou por uma intervenção propriamente dita."

Recessão gengival: idealmente, deve prevenir o problema.

 

Quais são os tratamentos disponíveis?

As formas de tratamento dependem da gravidade da situação. Assim, além dos tratamentos que visam combater as causas do problema – seja através de destartarizações ou do uso de aparelhos ortodônticos, por exemplo –, podemos dividir os tratamentos principais em dois cenários: os mais simples e os mais graves.

  • Nos casos mais simples, poderão ser tomadas medidas para que a situação não piore, sem recorrer a tratamentos invasivos. Para tal, os Médicos Dentistas poderão utilizar um produto específico para gengivas sensíveis e explicar de que forma deve ser feita a higiene oral. Assim, além de lhe ser pedido que exerça menos força durante a escovagem, poderão ser também recomendadas pastas dentífricas específicas e escovas com cerdas macias, por exemplo.

  • Em casos mais graves, poderá ser necessário recorrer também à cirurgia gengival. Este procedimento tem como objetivo voltar a cobrir a parte do dente que ficou exposta e pode ser efetuado de duas formas: reposicionamento gengival (usando a gengiva que se encontra junto dessa área) ou enxerto gengival (em que a gengiva necessária é retirada de outro local da boca e aplicada na zona em falta). Apesar de ser um trabalho exigente e que deve ser sempre feito por um profissional experiente, hoje em dia esta é uma técnica simples, realizada com anestesia local e que pode durar apenas cerca de 30 minutos.

Recessão gengival: se tiver, não se preocupe. Existem soluções.

 

Que cuidados deve ter?

Se não sofre de recessão gengival, mantenha consultas regulares ao seu dentista e vigie atentamente o estado da sua Saúde Oral. E tenha muita atenção à pressão que aplica na escova quando lava os dentesLembre-se: ao consultar regularmente o seu dentista e adotar os seus conselhos na higiene oral diária, estará a prevenir problemas desnecessários e a garantir que faz o melhor por si e pela sua Saúde Oral.

Por outro lado, se desconfia que pode estar a passar por este problema, seja qual for o seu estado, consulte o seu médico o mais rapidamente possível. Com a ajuda de um profissional, poderá identificar as causas da retração e iniciar o tratamento adequado com toda a segurança e conforto.

 

 

Artigo publicado pela primeira vez em maio de 2018 e revisto em setembro de 2020.