Higiene Oral sem segredos!

  • Higiene Oral sem segredos!

    As 10 dúvidas mais comuns respondidas por quem sabe.

    Leia os conselhos da Dr. Carolina Freitas e desvende os mistérios de um Sorriso sempre saudável.

    Saúde Oral

Notícias

A Higiene Oral pode parecer um assunto simples. Mas a verdade é que quando pensamos em todos os elementos de uma Higiene Oral perfeita, podem surgir muitas dúvidas. Felizmente, nos dias de hoje, não há motivos para não ficarmos esclarecidos! A Dra. Carolina Freitas, Higienista Oral nas clínicas OralMED Medicina Dentária, responde a 10 perguntas enviadas por si através das nossas redes sociais.

 

"Ouvi dizer que depois de escovar os dentes não devemos bochechar com água. É verdade?"

Parece algo estranho, mas sim, é verdade. Quando bochechamos com água depois de lavar os dentes, deitamos literalmente pelo cano abaixo todos os benefícios que a pasta tem para nos oferecer. O melhor mesmo é usar pouca quantidade de pasta, tentar livrar-se expelir o máximo de espuma resultante no final da escovagem e evitar bochechar, se possível.

Higiene Oral: Fio Dentário

 

"Fita dentária é sempre melhor para a minha higiene oral?"

A escolha deste tipo de produtos deverá depender do espaço que a pessoa tiver entre os dentes. Usa-se escovilhão para espaços maiores; fita dentária em espaços intermédios; e fio dentário para os espaços mais apertados entre os dentes.

"Pode-se usar um elixir qualquer?"

Atualmente, existem vários tipos de elixires orais e colutórios. A escolha do elixir irá depender do problema que o Paciente tiver, seja nas gengivas, seja a necessidade de um complemento de flúor após a escovagem. Os Higienistas Orais são as pessoas mais indicadas para aconselhar o melhor elixir oral para o seu caso.

"É verdade que se deve colocar pasta suficiente para cobrir toda a escova de dentes?"

Não. Na escovagem, o que é responsável pela limpeza é a ação mecânica e não a quantidade de pasta de dentes utilizada. Mais importante é saber se a pessoa está a fazer a escovagem corretamente. Uma bolinha de pasta, do tamanho de uma ervilha, é suficiente uma higiene oral adequada.

"Tenho mesmo de lavar os dentes sempre que como?"

Aquilo que nós recomendamos é um mínimo de duas escovagens ao dia, pelo menos depois da primeira refeição do dia e da última, antes de deitar. Se as pessoas cumprirem com essa regra, já estarão a evitar muitos problemas.

Higiene Oral: Escovagem

 

"O tártaro sai com a escovagem?"

Infelizmente, não. O tártaro é o resultado da reação da nossa saliva com a placa bacteriana que se acumula nos nossos dentes. A placa bacteriana é mineralizada e só sai com uma destartarização, na cadeira do dentista.

"Porque é que temos de lavar a língua?"

A língua é uma das zonas da cavidade bucal que mais bactérias acumula. Se lavarmos todas as superfícies dentárias e não limparmos a língua, as bactérias aí acumuladas podem voltar para os nossos dentes, criando problemas.

"Escovar as bochechas? Sim ou não?"

Na minha opinião, desde que existam bons hábitos de Higiene Oral, com utilização de fio dentário e elixir, não considero obrigatório. Nas nossas bochechas existe a saída de um canal de saliva, que garante que estejam sempre lubrificadas. Portanto, a acumulação de bactérias é menor. 

"Tenho de lavar as gengivas? Como?" 

É fundamental lavar as gengivas. E isto consegue-se durante a escovagem. Por isso é que é tão importante manter a escova num ângulo de 45º quando lavamos os nossos dentes.

"Sempre que lavo os dentes, sangro. É normal?"

Não. O sangramento oral nunca deve ser considerado algo normal. Significa que algures na boca do Paciente existe um processo inflamatório. Nestes casos é fundamental contactar o seu Médico Dentista ou Higienista Oral, para que possam analisar a origem da inflamação.

Higiene Oral - Dra. Carolina Freitas
Dra. Carolina Freitas, Higienista Oral, C.P. nº C-0489334085

 

Procure respostas junto de profissionais de Saúde Oral

Se detetar situações anormais na sua boca, ou se sentir que ainda não está esclarecido em relação às boas práticas de Higiene Oral, visite a sua clínica dentária. Fale com o seu Médico Dentista ou Higienista Oral. E garanta que a sua rotina de Higiene Oral é a mais adequada para evitar problemas no futuro!

 

Artigo publicado pela primeira vez em janeiro de 2020 e revisto em agosto de 2020.