Fio dentário nos dentes de leite?

  • Fio dentário nos dentes de leite?

    Perceba a partir de quando faz sentido usá-lo.

    O fio dentário é fundamental na manutenção da Saúde Oral.

    Saúde Oral

Notícias

Que o fio dentário é fundamental para a manutenção da nossa Saúde Oral, já todos sabemos. Que devemos usá-lo sempre nas nossas rotinas de Higiene Oral, também. Mas, e as crianças? Também têm de usar o fio dentário? A partir de que idades? E fará sentido usar fio dentário quando os mais pequenos ainda só têm dentes de leite? Neste artigo, damos-lhe a resposta a todas estas questões.

Fio dentário em dentes de leite, faz sentido?

 

Para que serve o fio dentário?

O fio dentário tem uma das funções mais importantes na nossa rotina de Higiene Oral: graças às suas características, como a espessura e a flexibilidade, é o produto mais eficaz a fazer a limpeza dos espaços entre os nossos dentes e gengivas. Assim, o fio dentário consegue chegar a sítios a que a escova não chega evitando a acumulação de placa bacteriana nesses locais. E evitando, consequentemente, o aparecimento de tártaro e cáries dentárias

 

A partir de quando se deve usar fio dentário?

Em teoria, devemos fazer a limpeza interdentária a partir do momento em que temos dois ou mais dentes em contacto em boca. Dependendo do nível de cooperação da criança e do à vontade dos encarregados de educação, a partir dos 4 anos os mais pequenos já podem usar o fio, começando a ter alguma noção da importância da Higiene Oral, quando sensibilizados para isso. Mas até aos 8 anos, é importante que seja um adulto a manipular o fio, uma vez que as crianças não terão coordenação motora para o fazer em segurança. A partir dos 8 anos poderão começar a fazê-lo sozinhas, mas não deverão dispensar a supervisão de um adulto.

A partir dos 8 anos as crianças devem saber como se usa o fio dentário.

 

Faz sentido usar o fio dentário em dentes de leite?

Sim. Se existem dois ou mais dentes em contacto, faz sentido fazer a limpeza entre os dentes e gengivas. Mesmo em dentes de leite. Isto porque a primeira dentição também pode desenvolver cáries dentárias e outros problemas de Saúde Oral. E, apesar de estes dentes acabarem por cair, as bactérias que neles se encontram poderão passar para a dentição definitiva, que se encontra logo por baixo dos dentes de leite. Fazendo com que esses dentes possam já nascer com cáries instaladas.

 

Como podemos fazer a introdução do fio dentário na rotina de crianças mais pequenas?

Lavar os dentes nem sempre é uma tarefa fácil de ensinar aos mais novos. E, se às vezes já é difícil ensiná-los a usar a escova, pior ainda será quando falamos no fio dentário. Mas não se preocupe. Existem formas de cativar as crianças para a importância da Saúde Oral e para a sua manutenção.

  1. Mesmo antes dos 3 anos, comece a envolver os seus filhos nas suas rotinas de Higiene Oral, deixando-os observar. Os mais pequenos tendem a imitar os comportamentos dos adultos. É a partir do exemplo dos encarregados de educação que as crianças aprendem a lidar com temas tão importantes como a Saúde geral e a Saúde Oral.
  2. Faça demonstrações em si próprio, pelo menos nos dentes mais visíveis. E lembre-os de que não devem mexer no fio sem estar presente, para evitar que se magoem ou que engulam. Após a sua utilização, guarde sempre o fio dentário num local fora do alcance das crianças.
  3. Use materiais didáticos direcionados para os mais novos. Hoje em dia, já existem muitos materiais pedagógicos sobre Saúde Oral. Na plataforma OralMED Kids irá encontrar vários conteúdos desenvolvidos especialmente para crianças, incluindo experiências divertidas para toda a família.
Fio dentário na infância: quando começar a usar?

 

Sorria para um Futuro melhor!

As crianças têm o direito de crescer de forma saudável. Podemos, e devemos, promover bons hábitos junto dos mais novos, que conduzirão a adultos mais responsáveis e preocupados com a sua Saúde Oral. Só assim poderemos todos, em conjunto, Sorrir para um Futuro melhor. Verá que, mais tarde, os seus filhos irão agradecer-lhe por ter insistido tanto na utilização do fio dentário.