• Marcação Online calendar
  • Fale com um assistente chat
  • Checkup Online agenda
  • Oferta de avaliação médica gift

E quando eles não resistem aos doces?

  • ESPECIAL INFANTIL

    Tudo o que sempre quis saber sobre a Saúde Oral dos mais pequenos

    Os temas mais importantes e os truques que não pode perder, para um crescimento harmonioso e com dentes saudáveis.

Tópico

E quando eles não resistem aos doces?

Quando o assunto são os doces dados às crianças, é impossível não pensarmos na eterna guerra entre pais e avós. Se os primeiros preferem limitar o consumo de açúcares por parte dos filhos a todo o custo, a maioria dos avós não resiste a satisfazer rapidamente os desejos dos mais pequenos. Embora este seja um tópico controverso, talvez a moderação e os cuidados de higiene sejam a solução. E se lhe disséssemos que é possível comer doces e ter uma saúde oral sem qualquer tipo de problemas? 
 

O que se pode fazer?
 

"Apesar dos efeitos que o açúcar pode ter para os nossos dentes, não é necessário deixar de comer doces."

 

A prevenção de cáries não tem de impedir o consumo de doces.

As memórias de uma infância feliz também são feitas de bolos especiais ou guloseimas que nos fazem muito felizes. Para além disso, quem é que resiste a um snack mais açucarado de vez em quando? A verdade é que, apesar dos efeitos que o açúcar pode ter para os nossos dentes, não é necessário deixar de comer doces. Vejamos algumas dicas:

  • Não prolongue os doces pelo dia

Ainda que comer muitos doces de seguida não seja bom para a saúde, no caso dos dentes essa pode ser a melhor opção. De facto, um dos fatores responsáveis pelo aparecimento de cáries é o tempo de contacto do açúcar com as superfícies dentárias. Por isso, para a saúde oral do seu filho, será melhor se consumir todos os doces que pretende em pouco tempo e lavar os dentes de seguida do que se for comendo várias guloseimas ao longo do dia.

  • Evite doces antes de dormir

Esta é uma das regras básicas, mas que vale sempre a pena recordar. Se deixar o seu filho ingerir doces antes de dormir e alguns açúcares permanecerem na sua boca durante a noite, a probabilidade de contrair cáries é muito maior. Isto acontece maioritariamente porque a produção de saliva durante a noite diminui, criando condições para que as bactérias atuem com maior facilidade. Uma boa altura para comer os doces será como sobremesa, já que a produção de saliva nessa altura é considerável.

  • Cuidado com doces duros ou pegajosos

Enquanto os doces mais duros (como rebuçados ou chupa-chupas) podem originar dentes partidos com alguma facilidade e prolongar o contacto dos dentes com açúcar (por demorarem algum tempo a derreter), as alternativas mais pegajosas aderem facilmente à superfície dos dentes, favorecendo o aparecimento de cáries.

  • Evite alimentos azedos e ácidos

As guloseimas mais azedas e ácidas contribuem para o desgaste do esmalte e, consequentemente, para o aparecimento de cáries e outros problemas.

  • Enxague a boca

Bochechar com água depois de comer doces pode ser uma boa forma de diminuir a quantidade de açúcares que aderem às superfícies dentárias.

  • Mastigue pastilhas sem açúcar

Mascar uma pastilha sem açúcar pode ajudar a aumentar a produção de saliva, retirar restos de alimentos e diminuir os efeitos dos ácidos e das bactérias.

  • Higienize os dentes

Evidentemente, escovar os dentes e usar fio dentário é essencial para prevenir problemas resultantes do consumo de açúcares. Embora nem sempre seja possível fazê-lo, faça um esforço por lavar os dentes depois de ingerir doces (e se também o fizer antes, ainda melhor, pois estará a diminuir o número de bactérias que podem atuar sobre os açúcares).


Os doces fazem parte de vários momentos da nossa vida e não têm de ser necessariamente eliminados da nossa dieta. Por isso, quando quiser oferecer um presente mais açucarado ao seu filho, já sabe: tenha em conta estes truques, garanta que ele faz uma higiene oral adequada e deixe-o Sorrir para Vida.