• Marcação Online calendar
  • Fale com um assistente chat
  • Checkup Online agenda
  • Oferta de avaliação médica gift

A transição para os dentes permanentes

  • ESPECIAL INFANTIL

    Tudo o que sempre quis saber sobre a Saúde Oral dos mais pequenos

    Os temas mais importantes e os truques que não pode perder, para um crescimento harmonioso e com dentes saudáveis.

Tópico

A transição para os dentes permanentes

A Saúde Oral dos mais pequenos exige vários cuidados diferentes consoante a idade. Se visitas regulares ao dentista e uma higienização adequada são essenciais para evitar problemas, a verdade é que conhecer a evolução da dentição humana não pode ser considerado menos importante. Para além de ficar mais informado, entender o desenvolvimento da boca permite prever os próximos passos e tratar problemas a tempo, se for caso disso. E se revirmos o processo de transição de dentes de leite para dentes permanentes? 
 

A evolução da dentição humana


De um modo geral, ao longo da sua vida, cada ser humano terá um total de 52 dentes. Dividido na fase de dentes de leite (com 20 dentes temporários) e de dentes permanentes (com 28 dentes, mais 4 dentes do siso), este é um processo gradual, que acontece desde o nascimento do bebé até por volta dos 21 anos de idade.
 

Dos dentes de leite aos dentes permanentes


Entre os 3 e os 6/7 anos, a dentição de leite mantém-se relativamente estável. No entanto, a partir dessa idade, os primeiros dentes permanentes deverão começar a aparecer ao fundo da boca (atrás dos dentes de leite já existentes) e, simultaneamente, os dentes de leite que haviam aparecido em primeiro lugar (os chamados dentes “da frente”) começam a cair.

Dá-se, assim, início a uma fase de dentição mista, que engloba dentes de leite e dentes permanentes e que deverá permanecer desse modo sensivelmente até aos 12 anos, altura em que todos os dentes de leite já terão saído da cavidade oral.

A evolução da dentição é um processo gradual ao longo do crescimento.
 

A dentição permanente


Surgindo à medida que os dentes de leite caem, a dentição definitiva fica praticamente concluída por volta dos 13 anos de idade. Nessa fase, com 14 dentes em cada arcada, ficam apenas a faltar os terceiros molares (isto é, os dentes do siso), que surgirão entre os 17 e os 21 anos, normalmente.

 

"A dentição definitiva fica praticamente concluída por volta dos 13 anos de idade."


Que cuidados deve ter?


Normalmente, as consultas agendadas de 6 em 6 meses são suficientes para garantir que a evolução dos dentes do seu filho é convenientemente acompanhada por um profissional. Contudo, neste processo, é indiscutível que o conhecimento e a ajuda dos pais também podem desempenhar um papel fundamental.

Para garantir que tudo corre da melhor maneira possível, acompanhe de perto a dentição do seu filho, ajude-o a higienizar a boca até aos 10 anos de idade e participe ativamente na manutenção da sua saúde oral.