• Marcação Online calendar
  • Fale com um assistente chat
  • Checkup Online agenda
  • Oferta de avaliação médica gift

Quando deve tratar os dentes tortos das crianças?

  • ESPECIAL INFANTIL

    Tudo o que sempre quis saber sobre a Saúde Oral dos mais pequenos

    Os temas mais importantes e os truques que não pode perder, para um crescimento harmonioso e com dentes saudáveis.

Tópico

Quando deve tratar os dentes tortos das crianças?

O crescimento de dentes tortos nas crianças é uma questão que suscita muitas dúvidas junto dos adultos. É fácil vermos que os dentes dos mais novos estão a nascer tortos, mas nem sempre sabemos como e quando atuar para bem da sua Saúde Oral. Afinal, qual é a melhor solução?
 

Qual é a melhor altura para tratar?


A resposta depende, obviamente, do caso específico de cada criança. Algumas situações requerem um tratamento imediato, enquanto outras poderão ser apenas monitorizadas com atenção, sem necessidade de proceder, desde logo, a uma intervenção.

Segundo a Sociedade Portuguesa de Ortopedia Dento-Facial, todas as crianças devem ter a sua primeira consulta de Ortodontia antes dos sete anos de idade. Dessa forma, o médico poderá avaliar a fase de crescimento da criança, as suas necessidades e a melhor altura para iniciar um tratamento, facilitando eventuais correções no futuro.

No entanto, para além dessa consulta, não se esqueça que é altamente recomendável que a criança comece a consultar o seu dentista logo a partir do nascimento do primeiro dente de leite. Por isso, se o fizer regularmente e desde essa altura, o dentista poderá controlar o estado dos seus dentes ao longo do tempo, identificar problemas ainda na sua fase inicial e tratá-los no momento adequado. 

Seja como for, sempre que detetar um problema ou tiver alguma dúvida, não hesite em visitar a sua clínica.

 

"Todas as crianças devem ter a sua primeira consulta de Ortodontia antes dos sete anos de idade."

 

O acompanhamento de um profissional de Medicina Dentária é essencial nas crianças.


Em que consiste o tratamento?


Recorrendo a técnicas simples como o raio x, fotos intraorais, exames de mordida ou até moldes dentários, é possível reconhecer o estado da boca e os seus problemas. Com base nessa análise, o médico poderá recomendar a utilização de aparelhos ou de outros dispositivos ortodônticos, para devolver uma posição correta aos dentes e corrigir a mordida da criança.

Uma vez iniciados, estes procedimentos podem demorar alguns anos (já que vão sendo adaptados à medida que a boca da criança cresce e sofre alterações), e exigem consultas de manutenção frequentes e cuidados diários especiais para que os resultados sejam os desejados.
 

Quais são os problemas dos dentes tortos?


Embora não faltem razões para procurar um tratamento para os dentes dos mais pequenos, nunca é demais rever alguns dos motivos para fazê-lo o mais rapidamente possível:

  • AUTOESTIMA – Talvez este seja o motivo mais evidente de todos. Dentes tortos podem afetar gravemente a autoestima das crianças e até a sua relação com os outros.

  • DESENVOLVIMENTO DA FALA – Um crescimento desadequado dos dentes pode condicionar o desenvolvimento normal da fala.

  • INTERVENÇÃO PRECOCE – Quanto mais cedo a criança for tratada, mais jovens e flexíveis serão as suas bases ósseas, e mais rápido e fácil será o tratamento.

  • ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL – Uma dentição completa e alinhada é essencial para que todos os alimentos possam ser mastigados sem problemas. Caso contrário, os mais pequenos poderão ter dificuldade em ingerir os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento.

  • GENGIVA E OSSO – Se não forem corrigidos a tempo, dentes inclinados podem ter um impacto bastante negativo na gengiva e no osso das crianças.

  • LIMPEZA DOS DENTES – Quanto mais alinhados estiverem os dentes, mais fácil será realizar uma higiene oral completa.

  • EVOLUÇÃO DOS PROBLEMAS – Se não for atacado logo desde o início, este problema pode evoluir e gerar outras doenças associadas.

  • MORDIDA – Dentes inclinados podem ter repercussões na mordida, isto é, na capacidade de fechar a boca de forma correta. Uma alteração da mordida, por sua vez, pode levar a problemas na articulação. É importante perceber que estes problemas de mordida, relacionados com problemas de crescimento dos ossos que suportam os dentes, podem ser facilmente resolvidos durante a fase da dentição decídua (isto é, de dentes de leite), pois, como já foi referido, os ossos ainda são flexíveis. Assim, poder-se-ão utilizar aparelhos ortodônticos que estimulam o crescimento do osso, muitas vezes evitando o uso de aparelhos ortodônticos fixos no futuro.


Além da ajuda de pais, familiares e educadores, uma Saúde Oral perfeita nas crianças exige também um acompanhamento profissional constante e desde muito cedo. Se marcar consultas aproximadamente de 6 em 6 meses e desde o aparecimento do primeiro dente de leite, é possível identificar quaisquer problemas (incluindo dentes tortos) e tratá-los antecipada e convenientemente.

Por isso, o conselho é o mesmo de sempre: consulte o seu médico regularmente e sempre que suspeitar de algum problema, e esclareça todas as suas dúvidas.