• Marcação Online calendar
  • Fale com um assistente chat
  • Checkup Online agenda
  • Oferta de avaliação médica gift

O processo CAD (Computer-Aided Design)

  • ESPECIAL LABORATÓRIOS

    Conheça as unidades laboratoriais do Grupo OralMED SAÚDE

    A inovação, os procedimentos e os detalhes que fazem a diferença no dia-a-dia dos tratamentos dentários.

Tópico

O processo CAD (Computer-Aided Design)

A tecnologia CAD/CAM é uma mais-valia no desenvolvimento dos trabalhos em laboratório. Dividido em 2 fases principais (CAD e CAM), o processo começa sempre com uma fase de digitalização e desenho dos dentes no computador. Sabe como é realizado esse procedimento?
 

O que é? 


A fase CAD (do inglês “Computer-Aided Design”) é responsável pela transformação dos modelos de gesso físicos em ficheiros digitais, para trabalhar os vários componentes dos dentes no computador. Feito com o auxílio de uma máquina e de um software específicos, este é um procedimento fundamental para desenhar as peças e produzi-las corretamente na segunda fase, na máquina de fresagem. 
 

Como é realizado?


Apesar de ser um processo bastante complexo, é possível entendê-lo em dois passos principais:
 

1) Digitalização

Em primeiro lugar, é feita a digitalização do molde de gesso produzido a partir da boca de cada Paciente. Para verificar que não existe nenhum erro na articulação, repete-se o processo para a arcada superior, para a inferior e para as duas em conjunto. Nesta fase, poderá ser necessário aplicar um spray no gesso para garantir que alguns elementos de metal ou mais brilhantes são digitalizados corretamente.

2) Modelação

  • Escolha dos dentes – De seguida, é necessário trabalhar sobre os dentes que vão ser produzidos. Para simplificar essa etapa, o programa já apresenta uma biblioteca de vários dentes que podem servir de base inicial.

  • Análise e ajustes sucessivos – Escolhendo a base que mais se adequar, são feitos vários ajustes para desenhar o dente que será fresado. Os acertos realizados podem alterar aspetos como a posição, a rotação e até a forma do dente. Para além disso, são também calculadas as margens necessárias para o bom funcionamento do dente e avalia-se constantemente se o dente que está a ser desenhado permitirá uma oclusão dentária correta. 

A tecnologia CAD/CAM facilita muitos tratamentos dentários.

  • Finalização – Ainda que as peças produzidas em zircónio-cerâmica e em metalo-cerâmica sejam fresadas nas dimensões finais, quando as soluções são monolíticas (isto é, feitas de um único material, como o zircónio, por exemplo) pode haver necessidade de diminuir a sua dimensão. Nesses casos, antes de passar à fase de fresagem, os dentes são redimensionados todos por igual, encolhendo cerca de 2mm. Deste modo, é possível que, depois de fresadas, as peças sejam finalizadas na secção da cerâmica sem que o dente fique maior do que o desejado. Na verdade, a produção de peças homotéticas (reduzidas ou ampliadas todas na mesma proporção) é precisamente uma das grandes vantagens da tecnologia CAD/CAM face aos meios tradicionais, conferindo um rigor notável aos procedimentos laboratoriais.
     

E se for necessário mudar algum detalhe?


Esta é uma técnica que permite delinear os dentes com bastante precisão e evitando erros de trabalhos manuais. No entanto, caso seja necessário fresar o mesmo dente novamente, para corrigir algum detalhe, a CAD/CAM apresenta uma grande vantagem comparativamente com os métodos tradicionais: permite fazê-lo sem voltar a passar pelo processo todo desde o início. 

 

"Se for preciso ajustar algum pormenor, basta pesquisar pelo ficheiro, abri-lo e continuar a trabalhar."

 

Com esta tecnologia é possível guardar o projeto no computador, com o número do Paciente, o nome da sua clínica e a identificação do técnico que criou o ficheiro. Por isso, se for preciso ajustar algum pormenor, basta pesquisar pelo ficheiro no computador, abri-lo e continuar a trabalhar sobre o projeto inicial. Uma vez concluída esta fase, é possível avançar novamente para a CAM, a parte da transformação do documento digital em objeto real, na máquina fresadora.