• Marcação Online calendar
  • Fale com um assistente chat
  • Checkup Online agenda
  • Oferta de avaliação médica gift

Como são feitas as próteses em acrílico?

  • ESPECIAL LABORATÓRIOS

    Conheça as unidades laboratoriais do Grupo OralMED SAÚDE

    A inovação, os procedimentos e os detalhes que fazem a diferença no dia-a-dia dos tratamentos dentários.

Tópico

Como são feitas as próteses em acrílico?

Dependendo de cada caso e da expectativa dos Pacientes, algumas soluções para a substituição dentária podem ser feitas em acrílico. Com procedimentos ligeiramente diferentes para cada peça produzida e um trabalho manual minucioso, esta secção laboratorial abrange vários tipos de próteses e uma forte ligação ao médico dentista. Ora veja:
 

Que tipos de peças são produzidas?


Esta área laboratorial é sobretudo responsável pelo fabrico das próteses acrílicas. Apesar de também produzir as próteses removíveis mais comuns, totais e parciais, esta secção dedica-se sobretudo à criação de próteses híbridas e sobredentaduras.
 

Próteses híbridas e sobredentaduras: qual é a diferença?


As próteses híbridas são próteses fixas sobre implantes, feitas em acrílico. Para além de serem aparafusadas, estas peças apresentam também uma barra de suporte na sua constituição, feita de metal ou de um material mais recente chamado PEEK.

As sobredentaduras, por outro lado, são próteses removíveis sobre implantes, mas com alguma estabilidade. Para tal, podem ser aplicadas sobre uma espécie de botões (chamados “locators”) ou sobre a chamada barra “Ackermann”. Em ambos os casos, estas próteses também apresentam barras de reforço, normalmente de metal.
 

Como são feitas estas próteses?


Normalmente, estas próteses utilizam os dentes mais semelhantes aos dentes naturais de cada Paciente, escolhendo-os de uma biblioteca com várias opções disponíveis. A partir daí, os dentes são trabalhados ao detalhe e personalizados com o auxílio de uma pequena broca e de outros instrumentos, para que fiquem com a forma e as dimensões pretendidas. 

As próteses híbridas são próteses fixas sobre implantes, feitas em acrílico.

 

"A criação de próteses acrílicas requer um trabalho de rigoroso de sucessivos ajustes manuais das posições dos dentes."

 

O restante processo é um pouco variável consoante cada caso, mas requer um trabalho rigoroso de sucessivos ajustes manuais das posições dos dentes e de colocação de barras de suporte e de cera (no lugar na gengiva), verificando constantemente a qualidade da oclusão (isto é, se a boca do Paciente fechará corretamente com as próteses que estão a ser produzidas).
 

Como é verificada a qualidade?


Quando este processo estiver terminado, as próteses são submetidas ao controlo de qualidade. Se forem aprovadas, seguem em cera para as respetivas clínicas, para que possam ser testadas pelo médico e pelo Paciente. Depois dessa prova, a prótese em cera volta para o laboratório e, consoante o feedback obtido, os técnicos poderão corrigir alguns detalhes. A partir daí, dependendo da situação, a prótese poderá ser novamente enviada para prova ou, se o trabalho ficar finalizado, produzida na sua versão final, em acrílico (em vez de cera).

Se precisa de substituir dentes perdidos, agora sabe mais sobre o processo de fabrico de próteses acrílicas em laboratório e sobre o que é feito para garantir a sua qualidade e um ajuste perfeito à boca de cada Paciente.

Informe-se junto do seu médico dentista, escolha a opção mais indicada para si e sorria para a Vida.