Abcessos Dentários

  • Abcessos Dentários

    Se tiver um, não o leve de férias

    Compreenda o que são abcessos e porque deve procurar tratamento assim que possível.

    Saúde Oral

Notícias

Ter abcessos em boca é algo que vai querer evitar a todo o custo. Se a experiência já é extremamente desagradável seja em que altura do ano for, imagine estar de férias e ter de lidar com este problema. É que além de um abcesso dentário poder ser algo doloroso, pode colocar em risco a Saúde de toda a sua boca. E ter consequências negativas para o resto do seu organismo.

 

O que é um abcesso dentário?

Um abcesso é uma acumulação de pus resultante de uma infeção. No que diz respeito à Saúde Oral, os abcessos dentários podem dividir-se em dois tipos:

  • Abcessos periodontais – são abcessos que se desenvolvem devido a uma infeção nas gengivas;
  • Abcessos periapicais – que são acumulações de infeção junto à raiz de um dente.

 

Como se forma um abcesso?

Como foi dito anteriormente, um abcesso é o resultado de uma infeção. No que toca aos abcessos periodontais, estes surgem habitualmente como consequência de uma doença das gengivas, ou doença periodontal, em estado avançado. Relativamente aos periapicais, que surgem nas raízes dos dentes, estes podem ser resultado de uma cárie, também muito avançada, ou mesmo de fraturas num dente que não foram tratadas a tempo.

Abcessos dentários - sintomas

 

Quais são os sintomas?

A boca é uma entrada para o nosso organismo. Como todos os órgãos, faz parte de um sistema, que por sua vez influencia outros sistemas do corpo humano. Na presença de uma infeção, muitas vezes o organismo reage mostrando sintomas que não se limitam à área afetada:

  • Dores e sensação de pressão na zona afetada - este desconforto pode evoluir se o abcesso não for tratado, fazendo com que tenha cada vez mais dores numa área cada vez maior, devido à infeção;
  • Febre e calafrios – um dos principais sinais de que o organismo está a combater uma infeção é a febre. Mesmo que o Paciente não sinta dor, a febre é um sintoma que nunca deverá ignorar;
  • Problemas gastrointestinais – os desarranjos ao nível do estômago e do intestino são também sintomas comuns de um abcesso dentário em estado avançado.
"O que podemos fazer em caso de abcesso, se existir uma fístula, é diluir meia colher de chá de sal grosso em água morna. E fazer bochechos com a solução várias vezes ao dia. Isso irá aliviar a pressão que o Paciente sente." - Dra. Marlene Monteiro

 

Abcessos dentários - Fale com o seu dentista

 

O que fazer se tiver um abcesso?

Se tiver algum dos sintomas referidos acima, principalmente se o abcesso já for visível devido a algum inchaço que apresente em boca, deverá de imediato contactar o seu Médico Dentista. Isto porque se apanhar o problema atempadamente, poderá resolvê-lo de uma forma relativamente simples. E evitar consequências tão graves como a perda de um ou mais dentes.

Tratamento em clínica

  • A primeira coisa que o seu dentista irá avaliar é a origem e a localização do problema. Será necessário não só tratar o abcesso como a causa por detrás do mesmo. O tratamento poderá passar pela raspagem e drenagem da área afetada. Poderá haver a necessidade de recorrer a terapias medicamentosas com antibiótico. E poderá mesmo ser necessário extrair um ou mais dentes, dependendo da evolução do abcesso, se este ocorrer na raíz de um dente.

Tratamento em casa

  • Se for necessário fazer antibiótico, o Paciente deverá seguir as indicações do seu Médico Dentista à risca. Deve respeitar os horários da toma do medicamento, cumprindo a prescrição até ao fim. Pode ainda haver a necessidade de fazer um bochecho com um colutório específico, ou colocar medicação tópica no local do abcesso, uma ou mais vezes por dia. E será muito importante garantir que está a fazer a sua higiene oral corretamente.

 

E se estiver de férias e sentir desconforto?

Existe uma forma caseira e segura para aliviar um pouco os sintomas do seu abcesso. De acordo com a Dra. Marlene Monteiro, Médica Dentista nas clínicas OralMEDMedicina Dentária, “o que podemos fazer em caso de abcesso, se existir uma fístula, é diluir meia colher de chá de sal grosso em água morna. E fazer bochechos com a solução várias vezes ao dia. Isso irá aliviar a pressão que o Paciente sente.


Sabia que...? As fistulas dentárias resultam da tentativa de o nosso organismo controlar uma infeção. Têm a aparência de pequenas bolhinhas que conseguimos ver nas nossas gengivas.


Abcessos dentários - Não estrague as suas férias

 

Evite os abcessos. Não estrague as suas férias.

A melhor forma de combater um abcesso dentário é evitando-o. Garanta que os seus hábitos de higiene oral são feitos da forma correta e com a frequência necessárias. Use fio dentário antes das escovagens e bocheche com elixir. E visite o seu Médico Dentista de 6 em 6 meses para tratar qualquer inflamação, fratura ou cárie que possam estar a desenvolver-se sem se aperceber.