Ortopantomografia: imagens que podem salvar

  • Ortopantomografia: imagens que podem salvar

    O que é e qual o seu papel em Medicina Dentária?

    Perceba a importância desta ferramenta de diagnóstico médico.

    Saúde Oral

Notícias

Neste artigo, fique a saber o que é uma Ortopantomografia. E entenda porque razão é tão importante para o trabalho dos Médicos Dentistas e para a sua Saúde Oral.

O que é uma Ortopantomografia?

Uma Ortopantomografia é um exame auxiliar de diagnóstico que permite aos Médicos Dentistas ter uma visão geral da boca do Paciente. Trata-se de um exame vulgarmente designado por raio-X panorâmico, que nos permite ter uma visão generalizada de grande parte das estruturas da cavidade oral.

A Ortopantomografia é um exame seguro?

Sim. A Ortopantomografia é um exame extremamente seguro. É usada uma radiação ionizante em doses muito baixas, seguras para todos nós. É claro que em alguns casos são necessários cuidados especiais.

ortopantomografia

A radiação e o organismo

A radiação do Ortopantomografo é uma radiação ionizante. O que significa que, quando entra em contacto com os nossos átomos, irá transformá-los, fazendo com que se formem radicais livres. Estes radicais livres são muito nocivos para o organismo. Podendo, no decorrer do contacto, gerar problemas muito graves. 

No entanto, a radiação a que as pessoas são expostas neste exame específico são muito baixas. E a Ortopantomografia tem a vantagem de poder ser trabalhada para ter mais luminosidade no formato digital. O que permite aos técnicos reduzir o nível de radiação na fonte, conforme necessário. 

E quais são esses casos?

No caso das grávidas, por exemplo. As mulheres devem sempre informar o Médico Dentista de que estão grávidas, mesmo que estejam de pouco tempo. Podem fazer este exame, mas têm de usar uma proteção especial, um avental de chumbo. Assim impedimos a radiação de afetar o bebé.

“Felizmente, este é um instrumento que temos disponível em todas as clínicas OralMED.”

A partir de que idade se pode fazer este exame?

A partir dos seis, sete anos, as crianças podem, e devem, fazer este exame. Permite-nos logo despistar alguns problemas seguros. E é nesta idade que também já são mais cooperantes, caso precisem de algum tratamento.

Para os técnicos de diagnóstico que realizam o exame, é seguro?

Na OralMED, temos uma série de cuidados que tornam este exame seguro. Para já, o Ortopantomografo é um equipamento que está localizado numa área especifica, com isolamento para que a radiação não saia. O técnico que realiza o exame irá controlar o equipamento a partir do exterior, onde a radiação não chega. Ainda assim, têm de existir cuidados. E é por isso que usamos os nossos dosímetros.

Ortopantomografia - dosímetro

O que é um dosímetro?

É uma peça que os profissionais de Saúde podem colocar nas suas batas e que mede o nível de radiação cumulativa que fica em si. Periodicamente, este instrumento é enviado para análise, de forma a que os profissionais possam ir gerindo os níveis de radiação a que são expostos.

Porque é que a Ortopantomografia é importante para o Médico Dentista?

Com este exame, os Médicos Dentistas conseguem ter uma visão panorâmica da boca e das suas estruturas anatómicas. Com uma observação, é possível diagnosticar vários problemas como: cáries, quistos radiculares, lesões periapicais, alguns problemas ósseos, entre outros. E isto é muito importante para o diagnóstico e para o planeamento dos tratamentos. Felizmente, este é um instrumento que está disponível em todas as clínicas OralMED, e ao qual todos os Pacientes têm acesso logo na primeira consulta, para que se possa fazer um bom diagnóstico.

Porque será que esta ferramenta não existe em todas as clínicas dentárias do país?

O Ortopantomografo é um equipamento de diagnóstico muito dispendioso, por si só. Além disso, a clínica tem de obedecer a uma série de critérios para que o possa ter disponível. Tem de existir uma área suficientemente espaçosa para o equipamento. A área onde se encontra tem de ter isolamento específico para radiação. Entre outras condições que precisam de estar reunidas. Isto faz com que nem todas as clínicas tenham capacidade para realizar estes exames.