Alimentação e Saúde Oral

  • Alimentação e Saúde Oral

    Consiga uma boca sã com 6 nutrientes

    Saiba quais são os alimentos que contribuem para a beleza do seu Sorriso.

    Saúde Oral

Notícias

"Diz-me o que comes, dir-te-ei quem és." O ditado não é este, mas com tudo o que sabemos atualmente sobre os impactos dos alimentos no nosso organismo, bem podia ser. Especificamente ao nível dos nossos dentes, alimentação e Saúde Oral estão intimamente interligadas. Neste artigo, conheça os 6 nutrientes que lhe vão dar vontade de Sorrir para a Vida.

 

Alimentação e Saúde Oral

Quando pesquisamos sobre alimentação e Saúde Oral, são mais os conselhos que encontramos sobre os alimentos que devemos evitar do que aqueles que nos orientam para boas escolhas alimentares. Mas na verdade, tal como existem alimentos prejudiciais, muitos outros existem que oferecem benefícios aos nossos dentes e gengivas.

Favoreça o consumo de nutrientes como o Cálcio, Vitamina D, Vitamina C, Fibras e Fósforo. Vejamos como cada nutriente influencia a Saúde Oral e onde podemos encontrá-los:

 

1. Cálcio

Alimentação e Saúde Oral andam de mãos dadas.

 

O cálcio é um mineral essencial para a formação e fortalecimento dos nossos ossos. Tal como nos restantes ossos do organismo, o cálcio que compõe os nossos dentes sofre variações ao longo da nossa vida. Por isso é fundamental assegurar a sua reposição através da alimentação, ou, em alguns casos, da suplementação.

Onde podemos encontrar?

Para além do leite (que oferece ainda várias vitaminas, proteínas, fósforo e ácido láctico), derivados como os iogurtes e os queijos também podem ajudar a remineralizar os dentes e a tornar a boca menos ácida. Acrescentando-se a estes derivados o benefício de dificultarem a formação de placa dentária, graças ao seu teor de gorduras saturadas.

Em alternativa ao consumo de laticínios, sardinhas em lata, tofu, leguminosas como o feijão e o grão, ou legumes verde escuros, como brócolos e espinafres cozidos também são importantes fontes de cálcio.

 

2. Vitamina D

Alimentação e Saúde Oral: embora esteja presente em alguns alimentos, a principal fonte de vitamina D de que dispomos é o sol.

 

Se, por um lado, necessitamos do cálcio, por outro, sem a vitamina D não conseguiríamos fortalecer os nossos ossos com este mineral. A vitamina D é um nutriente fundamental à nossa Saúde Oral e geral, uma vez que é responsável por fazer a fixação do cálcio nos ossos.

Onde podemos encontrar?

Sabia que a luz solar tem muito mais para nos oferecer do que apenas um bronze invejável? Quando apanhamos sol, a luz estimula a nossa pele a produzir vitamina D. Por isso, a exposição à luz solar, durante períodos de menor calor e com a devida proteção, é fundamental ao nosso bem-estar. E à Saúde do nosso Sorriso.

Para além do sol, o consumo de alimentos como óleo de fígado de bacalhau, atum, salmãoovos cozidos, sardinhas em lata e cogumelos, ajuda também na produção de vitamina D.

 

3. Fibras

Alimentação e Saúde Oral: as fibras são muito importantes para a saúde dos dentes e gengivas.

 

As fibras têm muitas funções no nosso organismo, devendo por isso fazer parte da nossa dieta. Os alimentos fibrosos obrigam a uma mastigação mais demorada, estimulando a produção de saliva. A saliva, por sua vez, é um poderoso anti-séptico dos nossos dentes e gengivas, ajudando a combater o aparecimento de placa bacteriana.

Onde podemos encontrar?

As fibras podem ser encontradas em vários tipos de alimentos como nas leguminosas (grão-de-bico, feijão preto e ervilhas, por exemplo), nos cereais (como a quinoa, a aveia ou a granola), frutos (pêra, abacate, maçã e banana, entre outros), legumes (tais como as couves, os brócolos e os espinafres) ou ainda nos frutos secos (amêndoas, pistáchios ou nozes).

 

4. Vitamina C

Alimentação e Saúde Oral: a vitamina C é um nutriente fundamental ao organismo.

 

A falta de vitamina C na dieta, pode levar a que desenvolvamos problemas graves, que influenciam todo o organismo. No caso da nossa Saúde Oral, a vitamina C é fundamental para manter as gengivas saudáveis e os dentes fortes, ajudando ainda a reparar os nossos ossos. Alimentação e Saúde Oral andam mesmo de mãos dadas.

Onde podemos encontrar?

Quando pensamos em vitamina C, vêm-nos logo à cabeça frutas como a laranja ou o limão. Mas existem muitos alimentos, bastante menos ácidos, nos quais podemos encontrar esta vitamina em maiores concentrações do que nos citrinos. São exemplo disso os pimentos vermelhos e verdes, kiwis, morangos, as mangas, os brócolos e as couves.

 

5. Fósforo

Alimentação e Saúde Oral: as sardinhas enlatadas são uma importante fonte de cálcio e vitamina D.

 

O fósforo é o segundo mineral mais abundante no nosso organismo, sendo que mais de 85% está armazenado nos nossos ossos. Quando aliado ao cálcio, o fósforo tem um papel muito importante na formação dos nossos dentes. Contribuindo em grande medida para que tenhamos dentes mais fortes.

Onde podemos encontrar?

Se é daquelas pessoas que apenas comem a clara de ovo, saiba que está a desperdiçar uma importante fonte de fósforo: a gema. Para além da gema de ovo, o fósforo pode ainda ser encontrado na carne e nos laticínios

Em alimentos como as sementes de abóbora, amêndoa, iogurte desnatado, sardinha e salmão, é também possível encontrar grandes concentrações deste mineral.

 

6. Água

Alimentação e Saúde Oral: a água tem um papel muito importante na produção da saliva.

 

Para além de ser essencial para o bom funcionamento do organismo, beber a quantidade de água recomendada diariamente pode ajudar a manter uma boa Saúde Oral. De facto, a água contribui não só para a produção de saliva (que tem um papel fundamental na prevenção das cáries e do mau hálito), como a sua ingestão após as refeições irá ainda ajudar a eliminar os restos alimentares que cobrem os nossos dentes, ajudando na higiene oral.

 

Resumindo...

Alimentação e Saúde Oral estão intimamente ligadas.

 

Alimentação e Saúde Oral estão intimamente interligadas. Atualmente, sabemos que existem muitos alimentos que ajudam a proteger e a reforçar os nossos dentes e gengivas. Beneficiando ainda todo o organismo.

Para garantir que tem uma alimentação adequada à sua situação dentária, o seu dentista pode ajudá-lo a identificar as suas necessidades. Recorrer a um nutricionista, poderá ser também uma mais valia para conseguir um regime alimentar que favoreça o funcionamento de todo o organismo, sem quaisquer riscos associados.

 

 

Artigo publicado pela primeira vez em agosto de 2018 e revisto em outubro de 2020.