Chucha: um aliado dos pais?

  • Chucha: um aliado dos pais?

    Perceba se o uso da chupeta pode prejudicar a Saúde Oral infantil.

    É um hábito centenário mas que ainda origina muitas dúvidas. Entenda a questão.

    Saúde Oral

Notícias

A chucha é considerada por muitos um dos maiores aliados dos pais com crianças pequenas. E tem sido assim desde há centenas de anos, quando começou a ser utilizada para acalmar os bebés. Mas se é verdade que a chucha é adorada por uns, também é verdade que muitos lhe tecem enormes críticas, associando a chucha ao desenvolvimento de alguns problemas de Saúde Oral infantil. Afinal, a chucha será prejudicial para os bebés?

Chucha

 

A chucha e o desenvolvimento da boca

Não se assuste. Permitir que o seu bebé use chucha para adormecer ou ficar mais calmo não fará de si pior pai ou mãe. Nem existe uma contra-indicação generalizada mundialmente para o uso da chupeta. Existem, sim, recomendações partilhadas por vários Pediatras e Médicos Dentistas sobre a chucha e o desenvolvimento infantil. Recomendações que, quando seguidas, permitirão que os mais pequenos se desenvolvam de forma saudável. E com que os pais não tenham de abdicar do seu aliado. Pelo menos, não a 100%.

  1. Chucha, sim. Mas a partir dos 3 anos, não. - Até aos 3 anos, graças às características do palato dos bebés, quaisquer deformações causadas pelo uso da chucha poderão, à partida, reverter-se espontaneamente. Mas, infelizmente, a partir desta idade, a situação altera-se. O uso da chucha para lá dos 3 anos poderá provocar danos à cavidade oral que só poderão ser resolvidos no gabinete do Médico Dentista. Podendo ser necessário recorrer a tratamentos com aparelhos dentários antes mesmo da criança começar a ter dentes definitivos.
  2. Evite dar a chucha ao bebé sempre que este chora. - Limitar o uso da chucha traz benefícios não só ao desenvolvimento do palato infantil, como ajuda a que o bebé não crie demasiado apego ao objeto a partir de certa idade. Idealmente, a partir dos 18 meses, e até aos 3 anos, procure restringir o uso da chupeta ao período noturno. Irá tornar o processo mais fácil quando decidir que está na altura da criança deixar este hábito para trás.
  3. Higienize a chucha com frequência. - Esta recomendação já é de conhecimento geral. Não deixe o seu bebé colocar nada na boca que já tenha tocado noutras pessoas ou superfícies. Higienizar a chupeta antes de usar é fundamental para evitar que bactérias perigosas entrem no organismo do seu bebé. Lembre-se de que a boca é a entrada principal do nosso corpo.

 

E o hábito de chuchar no dedo?

Este sim, é um hábito que os pais vão querer evitar ao máximo. Hoje em dia as chuchas são objetos muito macios e desenvolvidos com algumas preocupações anatómicas para que possam ser utilizadas de forma segura por crianças muito pequenas. Já o nosso polegar, não.

O polegar irá exercer muito mais força sobre o palato e os dentes em desenvolvimento. Sendo um hábito que irá, muito provavelmente, desencadear deformações apenas reversíveis com intervenção médica.

As crianças devem deixar a chucha a partir dos 3 anos.

 

Resumindo...

Se cuida de uma criança e vê na chucha uma verdadeira salvação para conseguir alguma tranquilidade, não se preocupe: não terá de abdicar do efeito calmante que a chupeta tem no seu bebé. Mas tenha em atenção que a partir dos 3 anos, este hábito poderá começar a surtir efeitos negativos na sua boca.

Para que os mais pequenos cresçam sem problemas de Saúde Oral, comece a introduzi-los desde cedo a bons hábitos de Higiene Oral e visite regularmente o seu Médico Dentista. Não se esqueça: as crianças têm o direito de crescer de forma Saudável. Só assim poderemos todos, em conjunto, Sorrir para um Futuro melhor.