• Marcação Online calendar
  • Fale com um assistente chat
  • Checkup Online agenda
  • Oferta de avaliação médica gift

Consultas dentárias durante a gravidez: sim ou não?

  • Consultas dentárias durante a gravidez: sim ou não?

    Saiba em que fase da gravidez se podem realizar tratamentos dentários.

    A gravidez exige cuidados especiais nas clínicas dentárias, para garantir que os processos naturais se desenrolam sem problemas.

    Saúde Oral

Notícias

Consultas dentárias durante a gravidez: sim ou não?

Uma das dúvidas de Saúde Oral mais comuns durante a gravidez está relacionada com as visitas à clínica dentária. Por ser uma fase bastante delicada, muitas pessoas acreditam que não é possível realizar tratamentos dentários durante os 9 meses de gestação. Mas será verdade?

Os procedimentos clínicos devem ser adaptados à situação de gravidez.
 

É possível realizar tratamentos durante a gravidez?


Sim, é possível. Embora seja frequente ouvirmos dizer que não se podem realizar tratamentos dentários durante a gravidez, a resposta não é assim tão linear. Idealmente, todas as mulheres devem avaliar o estado da sua boca e corrigir eventuais problemas antes de engravidarem.

No entanto, se não o fizerem, pode não ser necessário aguardar até ao final da gravidez para intervir. Na verdade, hoje sabemos que adiar os tratamentos dentários pode afetar negativamente tanto a mãe como o feto, criando um cenário bastante grave e perfeitamente evitável.
 

Quando é que se devem corrigir os problemas?


De um modo geral, considera-se que a melhor altura para intervir é o segundo trimestre de gestação, mais especificamente entre as 14 e as 20 semanas. No entanto, se o tratamento for inadiável, o médico poderá até optar por realizá-lo em qualquer fase da gravidez, controlando os parâmetros necessários. Por outro lado, se o tratamento for opcional e perfeitamente adiável, então será preferível aguardar pelo final da gravidez.

 

"A melhor altura para intervir é o segundo trimestre de gestação, entre as 14 e as 20 semanas."

 

Se não tiver cuidado da sua boca antes de engravidar, não se preocupe. Atualmente, os cuidados prestados em clínica durante a gravidez são bastante seguros. Por isso, no primeiro trimestre da gravidez ainda é possível realizar uma avaliação completa da sua boca, usando técnicas de diagnóstico como o raio-x, por exemplo, sem quaisquer problemas. Tendo por base os dados recolhidos, o médico poderá analisar o seu caso e determinar os tratamentos necessários, avaliando-os de acordo com o seu grau de urgência.
 

Que cuidados deve ter?


Como em todos os casos, também durante a gravidez é essencial adotar bons hábitos de higiene oral e consultar regularmente o seu médico dentista (aproximadamente, a cada 6 meses). Se o fizer, poderá monitorizar a sua Saúde ao longo do tempo, com a ajuda de profissionais.

Além disso, se engravidar, não se esqueça de informar imediatamente o seu dentista. Dessa forma, poderá analisar a sua situação convenientemente, definindo as prioridades do seu tratamento e garantindo o melhor para si e para o feto. Lembre-se: numa situação tão delicada quanto esta, toda a atenção é pouca. Por isso, não arrisque, visite a sua clínica frequentemente e esclareça todas as suas dúvidas.